Macaé News
Cotação
RSS

Profissionais de educação física se reinventam na pandemia

Publicado em 14/09/2020 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Um novo momento para os profissionais de educação física

Um novo momento para os profissionais de educação física

Os educadores físicos passaram por momentos distintos desde o início da pandemia, quando iniciou o distanciamento social. Eles tiveram que se reinventar diversas vezes: primeiro aconteceu o fechamento das academias, depois vieram os treinos por aplicativos digitais e, por último, a reabertura das academias e a volta das atividades presenciais, com todos os cuidados previstos nos decretos municipais de cada cidade.
O professor e personal trainer, Fábio Maia, contou que, inicialmente, os projetos dos alunos tiveram que ser interrompidos e ficou sem trabalho. Mas, aos poucos, ele foi se adaptando.

“No início foi difícil de acreditar no que estava acontecendo, pensava que iria durar algumas semanas, mas durou meses. Ainda estamos na pandemia, mas em outra realidade. Essa adaptação foi gradual. Primeiro comecei a ter necessidade de fazer algo produtivo, voltado para a atividade física. Então fui postando nos grupos de WhatsApp dicas de treino e alongamento em casa. A partir daí, vieram pedidos para montar treinos individuais, assim eu fiz. Depois tive a ideia de oferecer o serviço de videoaula e deu certo. Apesar das academias terem voltado a funcionar, alguns alunos ainda permaneceram com as aulas a distância”, explicou.

O profissional contou que, para se adaptar ao atendimento online, testou os exercícios antes de prescrevê-los e estudou técnicas para desenvolver as aulas. Ele acredita que um mercado novo se abriu para os personal trainers.

“A cada treino online é uma nova experiência. Às vezes me surpreendo ao ver como a minha percepção mudou ao fazer uma explicação ou até mesmo uma correção dos movimentos. Com certeza abriu um novo mercado de trabalho, já que os alunos não precisam necessariamente contratar um profissional da sua cidade. Com a facilidade de contato oferecido pelo ambiente virtual, é possível obter atendimento com profissionais renomados da área de qualquer estado ou país, sem precisar sair de casa”, salientou.

Fernanda Brandão é aluna do Fábio Maia desde antes da pandemia e percebeu que precisava continuar os treinos para não perder os resultados que já tinha. Ao iniciar as atividades online, animou o marido e a irmã. “Fiz a proposta para o Fábio e começamos a fazer as aulas. Meu marido animou a fazer comigo e depois minha irmã também começou. Me adaptei super bem. O difícil era superar a preguiça, mas como tinha a companhia deles, um ajudava e motivava o outro”, contou. Ela disse que posteriormente uma amiga também aderiu às aulas.
Fernanda reservou os dias e horários com o personal trainer e as aulas eram em tempo real. “Treinar em grupo, mesmo sendo à distância, te leva novamente para a mesma interação das aulas presenciais. Além disso, treinar com um personal te dá motivação, pois todos os dias é um treino diferente e personalizado”, revelou.

Nesse momento, a aluna voltou a fazer os treinos presenciais, mas disse que tem intenção de mesclar as atividades. “Pretendo acompanhar as lives de alguns programas de atividade física nos dias mais corridos, porque treinar em casa economiza muito tempo! A qualquer momento é só colocar a roupa e começar”, frisou.
Fábio lembrou da importância de contratar um profissional capacitado. “O profissional habilitado vai fazer um treino individualizado, para atender o objetivo do aluno, respeitando suas limitações. Sempre busque um profissional formado em educação física e registrado no CREF”, finalizou.

Saiba os pontos positivos e negativos dos treinos online.
Positivos:

- Preço baixo
O preço costuma ser menor, já que o profissional não precisa ter gastos com locomoção e ainda pode conseguir atender mais de um aluno por vez. Além disso, o cliente não precisa pagar a mensalidade de uma academia para poder desfrutar do serviço.
- Gama de profissionais à disposição
Os alunos podem contratar profissionais de qualquer parte do mundo. Com a facilidade de contato oferecida pelo ambiente virtual, é possível obter atendimento com profissionais renomados da área sem precisar sair de casa.
- Liberdade e flexibilidade de horário
O aluno tem acesso ao treinamento e orientações do personal trainer em qualquer lugar e hora, o que facilita a vida das pessoas que têm uma rotina mais apertada e só podem praticar os exercícios em horários alternativos. É também uma vantagem para quem viaja muito e não tem como frequentar uma academia regularmente.

Negativos:
- Técnicas erradas
Sem supervisão em tempo real, se o aluno errar ele só saberá se tirar dúvida e entrar em contato com o professor. Caso ele não faça isso, poderá permanecer cometendo equívocos por um bom tempo, o que pode prejudicar o treinamento e a obtenção dos resultados que deseja.
- Falta de motivação
É mais fácil o aluno faltar o treino nos dias em que bater o desânimo. No treino presencial, o aluno sabe que o professor está esperando no horário determinado e o persornal trainer consegue estimulá-lo.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário