Macaé News
Cotação
RSS

Macaé é a primeira cidade do Estado a entrar na bandeira verde

Publicado em 06/08/2020 Editoria: Coronavírus sem comentários Comente! Imprimir


O prefeito anunciou também que segue suspensas as aulas na rede municipal de ensino, pública e privada, incluindo instituições de ensino superior.

O prefeito anunciou também que segue suspensas as aulas na rede municipal de ensino, pública e privada, incluindo instituições de ensino superior.

Em entrevista coletiva de imprensa por videoconferência realizada na noite desta quinta-feira (06), o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio dos Santos (PSDB), anunciou a reabertura das academias, templos religiosos, shopping, bares e restaurantes no município a partir do próximo dia 13. Isso se deve a diminuição da taxa de ocupação de leitos terapia intensiva SUS Covid-19, hoje em 25%, menor média desde o início da pandemia.

Os sócios, proprietários, funcionários e colaboradores dos segmentos liberados devem realizar o teste para Covid-19, no Centro de Especialidades Médicas Dona Alba, localizado na Rua Governador Roberto Silveira, 108, Centro, a partir desta sexta-feira (7), das 14h às 17h, mediante agendamento prévio no link https://vps10828.publiccloud.com.br/login.

“Trata-se da primeira cidade do Estado do Rio a entrar na bandeira verde. Isso é muita responsabilidade, mas não é motivo de comemoração. A pandemia está em declínio na cidade e isso possibilita a abertura de novos segmentos. Vamos elaborar um decreto específico para cada setor. Caso algum item não esteja de acordo com os protocolos estabelecidos pela Vigilância Sanitária, este segmento não poderá funcionar. Vamos manter uma fiscalização rigorosa nos próximos dias para evitar que tenhamos que tomar alguma medida de restrição”, disse.

O prefeito anunciou também que segue suspensas as aulas na rede municipal de ensino, pública e privada, incluindo instituições de ensino superior.

“Estamos iniciando a formação de uma comissão para discutir o retorno as aulas juntamente com a Secretaria de Educação e o Ministério Público. O setor educacional será um dos últimos a retornar suas atividades”, comentou Dr. Aluízio.

Perguntado sobre a permanência do funcionamento da barreira sanitária no Parque de Tubos, o prefeito de Macaé foi enfático: “A barreira permanece funcionando na divisa com o município de Rio das Ostras. Toda pessoa que entra na cidade eu preciso vigiar e monitorar para que não haja uma nova contaminação”.

› FONTE: O Dia


sem comentários

Deixe o seu comentário