Macaé News
Cotação
RSS

Programa de Residência Médica de Macaé forma mais uma turma

Publicado em 28/02/2020 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Vinte residentes receberam, na manhã desta sexta-feira (28), no auditório da Associação Médica de Macaé, a declaração de conclusão do curso. A residência foi nas seguintes especialidades: Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral e Medicina de Família e Comunidade. 

A coordenadora da Comissão de Residência Médica, Luciara Leiros Vasconscelos, explicou que a especialização teve a duração de dois anos, período em que os estudantes tiveram suas práticas no Hospital Público de Macaé (HPM), Hospital São João Batista, Centro de Especialidades Dona Alba e Estratégias Saúde da Família (ESF), entre outras unidades de saúde no município.

"Os residentes receberam a declaração de conclusão do curso e, com certeza, tiveram a oportunidade de aprimorar os seus conhecimentos, proporcionando um melhor atendimento à população", disse Luciara.

Ela agradeceu a Secretaria de Saúde, coordenadores, supervisores e a Secretaria Adjunta de Ensino Superior em possibilitar que o Programa de Residência Médica funcione no município. "Gostaria de agradecer aos familiares também. Quero ressaltar que foi mais uma etapa vencida, com vitórias e superação a cada dia, onde todos os residentes saíram mais fortes e preparados para exercer a medicina", ressaltou.

Já o médico Ricardo Vasconcelos, supervisor em cirurgia, ressaltou que ficou muito feliz em ver os ex-alunos se formando na residência. "O programa está melhorando cada vez mais e é importante que a área de saúde seja de excelência, pois estamos lidando com vidas. Esperamos formar bons profissionais", destacou.

O coordenador em Clínica Médica, Sávio Mussi, contou que o Programa de Residência Médica funciona desde 2014. "Iniciamos apenas com Clínica Médica e Pediatria e, a cada ano, o número de especialidades vem sendo ampliado. É uma rede viva de interlocução entre os residentes e as unidades de saúde, proporcionando  melhor qualidade da saúde e assistência", informou.

O responsável pela Cirurgia Geral, Renan Brito, agradeceu a todos, principalmente pela oportunidade acompanhar os residentes durante esses dois anos. "Foi uma honra ter estado com vocês durante esse período e podem contar comigo sempre. Espero que cada residente tenha a sensibilidade de fazer o melhor pelo paciente", enfatizou.

A coordenadora da especialidade em Pediatria, Ângela Mendonça, parabenizou pela conquista de cada residente. "Foram anos difíceis, mas de aprendizado. Certamente todos estão mais fortes. Escutar os pacientes é muito importante para uma medicina humanizada" afirmou.

A supervisora em Pediatria, Lívia Lobo, destacou que a profissão deve ser exercida com amor. "Escutar o que os pacientes dizem é muito importante, pois nós tratamos a família como um todo. Ter sensibilidade de ouvir, cura a doença e a alma", disse.

A responsável pela Clínica Médica, Jussara Matias, disse que os residentes conseguiram múltiplas vitórias. "Agradeço pela confiança nas equipes, campos de prática e a Secretaria de Saúde. A vida do médico é formada por desafios, aperfeiçoamento profissional e pessoal", ressaltou.

A solenidade de entrega das declarações de conclusão do curso de especialização contou com a presença da coordenadora do Centro de Especialidades Dona Alba, Kelly Coura, representando a secretária de Saúde, Deusilane Galiza.

Mais especializações

O residente Pedro Guerra, que fez especialidade em Cirurgia Geral, disse que terminou uma especialização e pretende logo fazer outra, que já tem início na próxima semana. "Vou fazer outra especialidade em Cirurgia Vascular e pretendo, depois que terminar a especialização, atuar na Região dos Lagos", contou.

Ele é de Juiz de Fora e fez várias provas para residências em outras cidades. No entanto, pelo fato de ter boas referências de Macaé, resolveu fazer sua especialização no município.

Já Caroline Martins fez residência na área de pediatria. Ela também pretende dar continuidade aos cursos e fará especialização em neuropediatria. "Fiz medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro-Campus de Macaé e gostei muito. Durante a residência, tive a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido na Casa da Criança e no Hospital Público de Macaé, onde já consegui atuar no plantão de domingo", disse, acrescentando que, apesar de ser natural do Rio de Janeiro, pretende se fixar em Macaé ou na região.

O Programa de Residência Médica da Prefeitura de Macaé aconteceu através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Adjunta de Ensino Superior.   

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário