Macaé News
Cotação
RSS

Deape promove palestra sobre chances no mercado de trabalho

Publicado em 22/07/2019 Editoria: Empregos sem comentários Comente! Imprimir


Oportunidade. Essa é a palavra chave para muitas pessoas que estão em busca de uma vaga no mercado de trabalho. E não por acaso foi tema de palestra promovida nesta sexta-feira (19/07) pelo Departamento de Ações Pró- Sustentabilidade (Deape) do Tribunal de Justiça do Estado do Rio para jovens e adultos inseridos em quatro projetos do TJRJ: Pais trabalhando, Justiça pelos jovens, Começar de novo e Jovens mensageiros.

"Aonde estão as oportunidades: Há oportunidades onde não vejo?" teve por objetivo despertar a atenção da plateia para as chances de ocupação que nem sempre são percebidas por quem procura uma ocupação, além de dar dicas para enfrentar as disputas.

Para a palestrante Juliana Porto, parceira do programa Jovens Construtores/ CEDAPS (Centro de Promoção de Saúde) e especialista em desenvolvimento humano, o dia a dia é um importante aprendizado. Ajuda o candidato a projetar metas, como próximo emprego, a empresa e o setor em que deseja atuar, por exemplo.

- O mercado de trabalho é exigente por causa de uma demanda maior do que a oferta. Por isso, é importante para o candidato se destacar e buscar qualificação para chegar no mercado mais bem preparado - explicou.

Além disso, disse a especialista, é preciso buscar um diferencial, ter competência, atitude e vontade de realizar. Mas critérios como flexibilidade, faltas e atrasos, trabalho em equipe, organização, comprometimento, responsabilidade e bom uso de políticas institucionais, também são observados na hora das avaliações.

- Ter um olhar cuidadoso com um aprendizado é importante. E nunca desistir também. E se você está em um emprego que não é o seu objetivo, veja como uma oportunidade de crescer, exercer com dedicação e fazer networking para alcançar um próximo que almeja – indicou a especialista.

Grandes questões para os participantes dos quatro projetos desenvolvidos no TJRJ, como o preconceito enfrentado por conta de seus históricos de vida, também foram abordadas na palestra.

› FONTE: Procuradoria Geral do Estado - PGE


sem comentários

Deixe o seu comentário