Macaé News
Cotação
RSS

Inscrições abertas para oficina de Libras

Publicado em 15/07/2019 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Estão abertas as inscrições para a oficina específica da Língua Brasileira de Sinais (Libras) no Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel (Miramar). Estão sendo oferecidas 40 vagas para estudantes e comunidade. Os interessados podem comparecer na sede da escola, que funciona na Avenida Amaral Peixoto, 555. O curso, previsto para começar em setembro em data ainda a ser divulgada, terá a duração média de três meses, e os participantes receberão certificado do Núcleo de Inclusão, Tecnologia e  Pesquisa (Nintepe). As aulas serão às terças-feiras, das 9h às 10h e das 13h às 14h, e às quartas, das 18h às 19h.

O atendimento para inscrição neste período de recesso escolar, de 15 a 29 de julho,  será de segunda a sexta, das 8h às 12h. Após as férias, o horário se estende, das 8h às 17h. As aulas serão conduzidas pela intérprete de Libras, Cristiane Queiroz.  Durante  a programação, ela vai destacar abordagens como "Alfabeto", "Números", "Verbos", "Diálogos simples", "História da Educação de Surdo no Brasil e mundo", "Graus e causas da surdez", "Identidade da cultura surda" e " Literatura, Artes e Esportes".

O módulo é uma realização do Nintepe, criado em 2014, com a finalidade de  se tornar um sistema de comunicação entre as  diversas áreas  do conhecimento para o desenvolvimento de projetos, que vão ao encontro de questões sociais. Com isso, o núcleo atua a partir de demandas e situações, que envolvem a comunidade escolar e a sociedade em geral.

O Nintepe trabalha com as áreas de inclusão, tecnologia e pesquisa. Um dos projetos é o &39;Produzindo Autonomia’, que destaca sustentabilidade, geração de renda e oportunidades. Pela iniciativa, alunos do Ancyra, incluindo os estudantes com necessidades educacionais especiais (deficiência intelectual e surdez), e estudantes em situação de vulnerabilidade social participam da produção do sabão artesanal, por meio da reciclagem do óleo doméstico, que é doado pela comunidade. A programação acontece todas as às quartas das 12h30 às 14h.

Inclusão no dia a dia

Polo dos alunos com surdez-deficiência auditiva das turmas de 6º ao 9º ano, a equipe da escola desenvolve trabalhos específicos  que seguem o ensino de Libras  como língua materna, além da Língua Portuguesa na modalidade escrita. O Colégio Ancyra Pimentel também é  reconhecido por desenvolver projetos como a Educação Física Inclusiva,  voltada não apenas para a importância da  cultura surda e sua língua, mas para inclusão dos alunos que apresentam baixa visão, deficiência física, intelectual e surdez-deficiência auditiva.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário