Macaé News
Cotação
RSS
BreakFest - Por Sergio

BreakFest Por Sergio

BreakFest - Por Sergio

Ciclovias uma solução que o poder público não enxerga!

Publicado em 16/07/2014 sem comentários Comente!

Bem feitas e bem sinalizadas, assim poderia ser !

Bem feitas e bem sinalizadas, assim poderia ser !

No mundo moderno onde as estatísticas espantam pela multiplicação humana e falta de espaço. Poluição e problemas de saúde na população, que custam milhões aos cofres públicos. Tudo isso e muito mais nos impulsiona ao raciocínio, que traga soluções imediatas.  Nas grandes metrópoles as ciclovias são cuidadosamente implantadas, além de não poluentes, as magrelas são saudáveis, não ocupam espaço e fazem parte do futuro. Elas têm sido um meio inteligente para abrandar o transito caótico que existe em toda parte. O Rio de Janeiro acaba de ganhar quilômetros de ciclovias, e em todos os projetos urbanísticos vê se as ciclovias em evidencia, como um importante veio para desafogar o trafego violento que convivemos.

Como seria bom se os nossos governantes abrissem os olhos para as soluções práticas que as outras cidades adotam. Já que a criatividade anda em baixa por aqui. Tivemos a duplicação da Avenida Amaral Peixoto, mas não deixaram nenhuma opção viável para quem quiser ir a Rio das Ostras. Isso é incabível para quem curte pedalar. A falta de visão atrapalha, quando mais pensam que estão ajudando. Não sabem, mas normalmente pessoas chegam a pedalar até cinco quilômetros por dia, entre o trabalho e a residência. Imagina se tivéssemos ciclovias, à coisa não melhorava? Deu-se resultado em locais mais complicados... Imagina em Macaé com uma orla linda indo do centro ao Lagomar, iluminada e segura. O que falta é Macaé progredir, crescer com inteligência, para seu povo viver melhor.

O que posso afirmar é que em toda parte onde aderiram esse valioso instrumento de locomoção, os resultados foram positivos em vários aspectos. Aqui fica o apelo ao nosso governo. Vamos nos voltar para as soluções urgentes! Macaé está sufocada como em um golpe de mata leão, abraçada por irrelevantes desmandos, já não consegue respirar. Chegamos ao limite da vergonha. Onde a desesperança começa a demolir sonhos e horizontes onde tentávamos ver uma cidade de verdade, renascida pelo ouro negro. Macaé merece! Ela tornou o Brasil independente em uma das maiores riquezas do mundo. No entanto, a favelização se faz em alta escala, os resultados são drásticos, e as soluções deveriam ser imediatas, para equilibrar o peso de uma cidade que só consegue ser agradável para os habitantes do poder público. Pondo a parte a natureza, que juntamente ao povo clama por socorro.

BreakFest

Por Sergio

Classificados

+ anúncios

sem comentários

Deixe o seu comentário